segunda-feira, 30 de março de 2009

Tudo



Acordei a imaginar um pássaro pousado numa arvore. Ave colorida que pia o seu cantar, convencida que de tudo é mais importante, talvez porque canta livre de razão e pode porém voar.

Acordei a imaginar uma arvore em cima de um monte. Tronco ancestral que estende ramos de folhas perenes, convencida que a tudo vai resistir, talvez porque não teme o vento e na solidão pôde florestar.

Acordei a imaginar um monte no topo da falésia. Convexidade de terra que projecta a sua sombra, convencida que tudo pode dominar, talvez porque derrota com cansaço e na solidez da rocha assentou o seu talhar.

Acordei a imaginar uma falésia sobre o mar. Abismal vertigem que corta o horizonte, convencida que tudo pode esmagar, talvez porque se eleva acima da vontade e nos suspende sem respirar.

Acordei a imaginar um mar reflectido num olhar. Grandeza de agua que espraia sem direcção, convencida que tudo alcança, talvez porque nos cativa e esconde nas suas profundezas as sereias com a atracção do seu cantar.

Acordei a imaginar um olhar debruçado sobre um sonho. Brilho de instante que troça de um sorriso, convencida que tudo conquista, talvez porque rodopia o seu encanto e nos consegue simplesmente apaixonar.

Acordei a imaginar um sonho que em tudo se sobrepõe ao despertar.
video
Michael Bublé - Everything

sexta-feira, 27 de março de 2009

Oco vazio cheio de nada



Sinto a necessidade de me embrenhar nas palavras sem limites nem virgulas que me pausem. Mergulhar nesta espiral mortal que me arrasta numa orbita de vertigem em direcção ao âmago do desespero. Pudera eu expressar sem restrição o vazio duma alma trocada há muito por apenas nada ou tão pouco e martelar estas teclas marcadas pelos símbolos que se agrupam em significados ou insignificâncias até sentir as pontas dos dedos em ferida sangrando e na dor despertar.

Escrevo sem respirar como numa corrida onde não posso parar sobre a ameaça da derrota que na teimosia ainda não consegui aceitar. Escrevo sem sentido nem objectivo apenas porque não sei mais o que fazer. Escrevo sem encanto na composição das ideias que se secaram pela aridez do cansaço. Escrevo sem pausas de pensar marginalizando a emersão da realidade. Escrevo apenas porque escrevo e enquanto escrevo nada mais existe.

Passaram poucos minutos desde que comecei a espalhar pelo branco estas manchas negras que se amontoam e me libertam como gritos. Agora não me importa ritmos e correcções ou a aceitação de quem quer que seja. Quero apenas preencher este vazio.

Olho num repente para o que ainda tenho que sufocar e engulo a hesitação e continuo sem meditar nos verbos ou seleccionar adjectivos e substantivos. Cubro o espaço sem uniformidades ou sumos de poeta ou proseias racionais. Pudera eu ainda ter mais palavras disponíveis e transformava a eternidade que me resta numa sementeira de escrita.
video
This Mortal Coil -Song to the Siren

terça-feira, 24 de março de 2009

Alladin Sane

A is for A Lad who got Insane
B is for Bloggers who felt his pain

C is for Clues who hide in the open
D is for Daemons who come so often

E is for Echoes who bounce my head
F is for Farce who rules instead

G is for Goofies who don’t come twice
H is for Hedgie who was so nice

I is for Illusion who blind the most .
J is for Jesus who haunts this post.

K is for Keyboard who become a vice
L is for Life who need some spice

M is for Music who fill the gap
N is for Nick who cloak my crap

O is for Obsession who need to be fight
P is for Passion who make me write

Q is for Question who must be ask
R is for Reality who drown below the mask

S is for Sandman who change my dream
T is for Tedium who make me scream

U is for Unusual who stuff my mind
V is for Videos who cannot be find

W is for Words who wrote this plot
X is for X who mark the spot

Y is for You who feed the tube
Z is for Zero who end my mood.

video
Creature Feature-A Gorey Demise
(Inspired on The Gashlycrumb Tinies by Edward Gorey)

sábado, 21 de março de 2009

Bouquet de Paineleiros – S.1.2 – Top 10 de Invenções (Microondas)



Intro
Este post faz parte de uma série, a sua leitura em sequencia não acrescenta valor nem compreensão mas aconselha-se como parte da terapia de grupo.

Frases soltas em voz off:

Shopping Fly (SF): Além de lindo o rapaz até tem personalidade suficiente para acordar comigo ao lado na cama…

Anti-Denial (AD): Esse não era eu…

Jorge Areia (JA): Não tenho nenhum preconceito contra as fufas…

Papa Xavascas (PX): Isso das camisas de Vénus é para maricas...

Novos convidados:

Toque de Bola (TB): Fanático de futebol e doente do Belenenses e do Boavista, o seu sonho é que os clubes se fundam num só e passem a usar as camisolas aos quadrados Azuis e brancos ou brancos e azuis tanto faz. desde que o nome do clube passe a ser Belavista.

Chiquita Platinada (CP): Prostituta venezuelana, clandestina faz pela vida em bares de alterne, meteu-se na blogosfera, porque lhe disseram que por aqui havia muita clientela.

Tema do dia as microondas.

(MdJ AKA LBJ): As microondas além de nos conseguirem aquecer rapidamente a comida, são ainda responsáveis por permitirem o funcionamento de grande parte da tecnologia de telecomunicações actual, como os telemóveis, as redes WIFI e WIMAX, os dispositivos BLUETOOTH, as comunicações via satélite, a televisão por cabo e até os radares.
(PX): Grande invenção o telemóvel, a primeira coisa que faço quando marco uma garina é sacar-lhe o numero, depois ficam doidas com os SMS’s que lhes envio, tenho um infalível; “Sonhei que estava contigo em cima de um coqueiro, eu deitado e tu a beber leite de fruta por uma palhinha”, não que queira dizer que o meu Arnaldo seja pequeno ou fininho, nada disso. é muito acima da média, quando o enfio todo as miúdas até reviram os olhos.. .
(SF): Eu faço tudinho no forno e ando com um telemóvel giríssimo rosa chocante com flores psicadélicas, dia que não envie pelo menos 100 mensagens não conta, tenho um tarifário super fantástico:>)
(TB): Pois deviam era usar toda esta tecnologia para controlar os árbitros, para acabar com esta roubalheira e pouca vergonha.
(AD): Este é um tema em que estou perfeitamente à vontade para falar. Ando há muitos anos a avisar que somos controlados através das microondas mas ninguém quer saber, já estão todos dominados, entorpecidos pelos governos e pelas forças ocultas orquestradas por grupos ligados a lojas secretas da maçonaria, os illuminati são accionistas maioritários de todas as operadoras de telemóveis .
(CP): Cariño quieres que te hace un chupetón?
(JA): Todas estas modernidades apenas conduzem a processos decadentes e à perca gradual dos verdadeiros valores de espiritualidade e à flacidez do amor. A resplandecência do simplesmente e do luar reflectido nas aguas que são as lágrimas aconchegadas no teu olhar, minha musa a quem te bastava a existência do éter para propagar o encantamento da tua voz.
(SF): Adoro os Gadgets do dentinho azul (LOL), Tenho um para pôr atrás da orelhinha que até condiz com um par de brincos que comprei uma vez numa loja hiper gira na praia da Zambujeira;-D
(AD): Por isso é que ando sempre de barrete, tenho um forro em papel de alumínio, que consegue bloquear 82,32% das radiações.
(MdJ AKA LBJ): Sem esquecer que as usamos todos os dias no nosso quotidiano e muitas vezes sem o saber, eu pensava que microondas eram só os fornos.
(AD):Isto sem falar nas nanoondas que são microondas transportadas dentro das microondas, só existem 5 pessoas no mundo capazes da as descodificar e todas trabalham para o Mossad.
(CP): Estoy tan caliente, me envía un correo con tu dirección mi amor. Te voy a quitar las bragas con mi boca carnuda e te lambo los huevos con mi lengua húmida.
(PX): Deviam era de inventar uma caixinha por bluetooth que agente apontava às gajas feias e pimba ficavam tipo a Scarlet qualquer coisa, agora não me lembro do nome, a loura que aquele velho maluco dos filmes para rir, anda a papar, cabrão do velho que já nem a consegue levantar.
(TB): Alguma vez o Benfica merecia ter ganho a taça, são uns coxos a dançar flamengo a mando de um espanhol, só neste País.
(SF): Já fui convidada para ser consultora de moda para um canal de Televisão por cabo, mas ia consumir-me muito tempo, ficava quase sem poder namorar que é tão bom:-D
(AD): tenho um abaixo assinado a circular na net para acabar com as microondas, envia-me um mail para euseiaverdade@gmail.com que eu envio as instruções.
(MdJ AKA LBJ): A musica foi sugerida pelo (AD) que a sabe de cor e que acha que o nome do grupo se devidamente descodificado revela os planos de invasão do Liechtenstein, além de designar um avião carregadinho de câmaras fotográficas digitais de 10 Mega pixéis.

video
U2-Vertigo (How to dismantle an atomic bomb)

Nota. Este post está protegido contra direitos de auditoria.

quarta-feira, 18 de março de 2009

Bouquet de Paineleiros – S.1.1 – Top 10 de Invenções (O código de barras)



Intro
Decidi convidar para uma tertúlia um conjunto de personagens que me irão ajudar a escrever uma série de posts dedicados a um tema comum. Estes personagens são blogers amadores, que amavelmente acederam a desenvolver comigo este projecto contribuindo de forma altruísta para enriquecer com as suas ideias e personalidades este espaço.

Por obvias razões serão omitidos os seus nomes verdadeiros e usarão aqui os seus “nicks”, assim e sem mais demoras passo a apresentar os meus convidados:

Shopping Fly (SF): Que se define como uma miúda gira que se farta, acessível mas com bom gosto.

Anti-Denial (AD): Acredita que tudo é uma fraude, que nunca nenhum homem pôs os pés na Lua e que a Fanta de laranja contem elementos psicotrópicos catalisadores de qualquer coisa que um dia ainda há-de descobrir e revelar ao mundo no seu blog.

Jorge Areia (JA): Uma intelectual esquerdina que se faz passar por homem na blogosfera, gosta de frases complicadas e advérbios de modo.

Papa Xavascas (PX): Gosta mesmo muito de gajas.

A primeira série irá focar as invenções que mais marcaram o ultimo século sendo que por nenhuma ordem de importância se vai falar primeiro do código de barras.

(MdJ AKA LBJ): Os códigos de barras estão hoje presentes em todos as embalagens e são uma forma normalizada de identificação, permitindo de uma maneira expedita uma série de operações de controlo e manipulação de produtos.
(AD): É a CIA que está por trás disso é a forma de saberem tudo o que compramos e existe um plano de tatuarem em todas as crianças que nasçam a partir de 8 de Janeiro de 2011 um código de barras no pulso direito.
(PX): Já repararam que alguns dos riscos parecem chavalas a lamberem-se todas? Às vezes fico cá com uma tesão só de olhar para o frasco do sonasol.
(JA): Não deixa de ser uma forma de arte, sinteticamente ascética e metaforicamente reveladora de conteúdo.
(SF): Eu acho mal. Podiam variar e usar mais cores, há caixinhas tão lindas em que aquilo ali no canto fica tão mal, LOL;-)
(MdJ AKA LBJ): Percebo o que querem dizer, mas não pensam que é uma grande invenção e que a nossa vida foi muito facilitada por uma coisa tão simples?
(PX): E já repararam nas do chocapit? Uma vez até tive vontade de bater uma, ficou a caixa toda manchada, tive sorte que não entrou nada lá para dentro, senão já não conseguia comer aquilo com leite e tudo…
(SF): Podiam ser por temas e variar de acordo com as estações, não vejo porque não se encomendar ideias a alguns estilistas, o Kenzo faria um sucesso:-D
(AD): A mim não me aunde apanhar que eu altero aquilo com um marcador, ando sempre com um no bolso, daqueles pretos para acetatos.
(JA): É a simplicidade dos traços que transmite a profundidade da informação.
(MdJ AKA LBJ): Ficamos por aqui, o momento musical de hoje foi escolhido pelo (JA) inspirado pela singeleza e alegoria aos números a que a canção se refere e porque diz que a menina é linda e vem em Julho ao CoolJazzFest em Cascais.

video
Katie Melua-Nine Million Bicycles

Nota. Qualquer coincidência virtual com a realidade é apenas eventualmente semelhante. Não temos a mínima pontinha de maldade ou malícia no corpo.

terça-feira, 17 de março de 2009

CROCS

IN TVI24 09-03-17
"Uma misteriosa placa colocada junto ao cais de Miranda do Douro deu origem a uma notícia em Espanha sobre a existência de crocodilos no Rio Douro, motivo de espanto geral no lado português, escreve a Lusa.
«Portugal proibiu os banho no Rio Douro perante o grave perigo de ataque de crocodilos» assim começa a notícia do jornal espanhol «La Opinion», de Zamora, que surpreendeu as autoridades portuguesas…"

A malta do Porto já decidiu que se for uma fêmea se vai chamar Carolina em contraponto às bestas de Lisboa que afirmam que é um macho velho gordo e desdentado que dá pelo nome de Jorge Nuno…
video
Elton john and the Muppets-Crocodile Rock

segunda-feira, 16 de março de 2009

Curtas – Ressurreição

Michael Jackson anuncia o regresso aos palcos!

Se vamos começar a ressuscitar os mortos eu preferia o Ian Curtis…

video

Joy Division-Love Will Tear Us Apart

domingo, 15 de março de 2009

Musica



Ela é a minha amante, puta e meretriz. Apaixonei-me por todas as formas e ritmos com que se me insinua.
Amo-a enquanto requintada, pura, crua, simples, doce, amarga, clássica, popular, simbólica, profunda, mensageira, dura e sobretudo quando vibra na ponta da língua de outra mulher.
Procuro-a para o despertar de um bom dia, para secar uma lágrima, para estimular raivas e na memoria como referencia do tempo passado.
Inútil na habilidade de a fazer crescer, apenas tenho a capacidade de a escutar e neste espaço de a dar um pouco mais a conhecer.
video
John Miles-Music

sexta-feira, 13 de março de 2009

And Now For Something Completely Different (1)

Porque me apetece!

video
Plácido Domingo e Faith Esham - Parle-moi de ma mère – Dueto da Carmen de Bizet

terça-feira, 10 de março de 2009

Nojo



In DN Online - 09-03-10

“Brasil. Católico assumido, o Presidente da República insurge-se contra a pena de excomunhão decretada pelo arcebispo de Olinda e Recife contra a mãe da criança de nove anos que fez um aborto após ter sido violada pelo padrasto. Os médicos também foram alvo da pena. O Vaticano apoia o prelado.
Tem nove anos e desde os seis que era violada pelo padrasto, mas o caso só foi conhecido quando ela se queixou de dores de barriga. No hospital no interior de Pernambuco descobriu que estava grávida de gémeos. Os médicos não hesitaram em optar pelo aborto, face ao risco de vida que corria. Mas esse aborto acabou por gerar polémica, com o arcebispo de Olinda e Recife a excomungar todos os envolvidos, incluindo a mãe da menina, e o Presidente Lula da Silva a criticar a Igreja Católica. Um facto raro por parte do Chefe do Estado brasileiro, que é católico assumido e sempre fez questão de manter as melhores relações institucionais com a Igreja. O caso está a desencadear uma tempestade política e já chegou a ter ecos no Vaticano…
O pai da menina, evangélico, tinha-se mostrado contra. O padrasto, que se encontra detido e arrisca agora uma pena de 15 anos de prisão, não está abrangido: "Ele cometeu um crime enorme, mas não está incluído na excomunhão. Foi um pecado gravíssimo, mas, mais grave do que isso, sabe o que é? O aborto, eliminar uma vida inocente", enfatizou o arcebispo, que comparou o procedimento ao Holocausto…
…O Vaticano saiu em defesa do prelado. "É um caso triste, mas o verdadeiro problema é que os gémeos concebidos eram duas pessoas inocentes, que tinham o direito a viver e que não podiam ser mortas", afirmou o cardeal Giovanni Battista Re, prefeito da congregação para os bispos e presidente da Comissão Pontifícia para a América Latina. "É preciso defender sempre a vida. O ataque contra a Igreja brasileira é injustificado", acrescentou numa entrevista ao jornal italiano La Stampa, na qual defendia que a excomunhão contra a mãe e os médicos era uma pena "justa".”


Sou Agnóstico e tenho, com a idade, vindo a aumentar a minha tolerância em quem acredita mais que eu, a respeitar a possibilidade de serem inclusive mais felizes e completos pela sua crença. Para isso muito contribuiu ter estado já por várias vezes em Jerusalém, num local que é um ponto de equilíbrio de fé e importância tanto para o Judaísmo, como para o Cristianismo ou para o Islamismo.
Uma noticia como esta que agora me chegou ao conhecimento, desperta em mim um sentimento de repulsa e tendo sido baptizado na fé católica, por uma opção que não tive, perguntar-me como me posso lavar dessa aspersão que hoje apenas me causa revolta e dá nojo.

video

Rolling Stones-Sympathy For The Devil

domingo, 8 de março de 2009

Plano de Reforma



Sei que acabarei por me alucinar. Serei um dia velho e louco.

Assumindo essa inevitabilidade, encho o cérebro de informação, importâncias e banalidades, detalhes e generalidades, teologias e factos, ciências e charlatanices, alimento-me de tudo o que leio, do que vejo, cheiro, ouço, saboreio, sinto e experimento.
Quero que a minha loucura seja alienada de incertezas, que inspire caminhos, que me procurem para o riso e para a aprendizagem de coisas antigas. Quero a minha demência formatada de forma disforme para que não provoque receios, mais perto do génio do que do bobo.

Serei um dia um velho louco que não quer ser apenas parte de um monologo.
video
UB40-Food For Thought

sexta-feira, 6 de março de 2009

Tontices



Detesto a expressão LOL. De cada vez que a vejo usada a terminar um comentário ou uma frase eriçam-me os cabelinhos do pescoço. Associo a coisa a cabecinhas de ventania, cérebros pequeninos, risinhos histéricos de timbre irritante, parvoíces gratuitas e merdinhas avulsas.

Afinal o que é que quer dizer LOL? Durante muito tempo pensei que queria dizer “Lots Of Laughs” até que alguém me explicou que significava “Laugh(ing) Out Loud”, ou seja a sua utilização pretende verbalizar alegria espontânea ou riso descontrolado. Até ai tudo bem, nada tenho contra o imaginar de novas formas de expressar emoções mas o problema é que o seu uso caiu na vulgaridade e no por tudo e por nada especializando-se como sinal de validação ou aceitação pateta de qualquer disparate escrito em resposta ou pelo próprio. Mais interessante e redutor, o LOL é usado na maior parte da vezes por mulheres assim como se fosse um lencinho rosa ou uma malinha com florezinhas a tiracolo, nada de coisa que macho possa usar sem riscos.

Se o LOL é um acrónimo de língua inglesa porquê usá-lo em Português? Faria mais sentido por exemplo usar uma boa MERDA, que significa claro está Monte Enorme Risotas Dadas Alegremente.

video
Puppini Sisters-I will survive/Wuntering heights/Heart of glass/Tu Vuo Fa L’Americano

terça-feira, 3 de março de 2009

Crawlers


Somos bichos rastejantes, imensos e albinos de cauda comprida. Agitamo-nos uns contra os outros neste pântano insalubre que nos concentra, limitados por um espaço exíguo e escroto. Somos entidades seminais sem sentimentos nem razão, desprovidos de alma ambicionamos a expulsão deste desconforto.

Não somos dotados de pensamento racional, por isso não questionamos a nossa importância na ordem universal, acreditamos apenas na tarefa ancestral de sair e entrar por corredores sem opções entre falos e falópios.

Não tememos os actos inconsequentes das punhetas solitárias ou dos choques no poliuretano, aceitamos o destino de podermos ser apenas meros desperdícios genéticos e de acabar por morrer sem glória. Ironicamente fomos dotados com uma enorme capacidade de sobrevivência e sem explicação suportamos dias sem comer nem beber até que alguém nos puxe o autoclismo da misericórdia.

Ao melhor ou pior de nós pode calhar a sina da imoralidade da invasão da pureza do ovo e assim garantir a continuidade desta espécie maldita que tudo consome.

video
Genesis-The Carpet Crawl

domingo, 1 de março de 2009

Gritos Mudos



Saber que alguém vai morrer e não poder fazer nada para o evitar será sem duvida das experiencias mais angustiantes por que poderemos passar. A morte é uma consequência da vida e quase todos nós já tivemos que acompanhar alguém na doença até ela chegar, familiares, amigos ou conhecidos. Não são estes os casos a que me refiro.

Falo de perceber à distância o caminhar de alguém em direcção à morte, assistir a um afogamento no mar ou escutar os gritos no meio de um incêndio, sem poder lá chegar, ouvir via rádio o desespero dos tripulantes de um avião que se despenha ou de um navio que se afunda.

Este é um mundo novo, com novas camadas de realidade, um mundo onde pessoas anónimas expõem os seus pensamentos, as suas dores e alegrias a desconhecidos, sem saber se alguém as nota ou escuta. Algumas destas pessoas gritam por ajuda, porque estão num processo de degradação emocional e psíquico que as empurra por um caminho que as conduz à desistência.

Este é um oceano onde navegamos sem instrumentos, sem estrelas mais brilhantes que nos direccionem, entramos e saímos de portos de abrigo emocionais limitados pelas nossas capacidades preceptivas de entender formas de expressão de quem não conhecemos e o que ai fazemos ou mais importante não fizermos pode ter a consequência de mexer na pedrinha catalisadora da avalanche do desespero definitivo.

Este é um tempo de novos Adamastores e de heróis tontos que vagueiam sem direcção nem direito a epopeias.
video
David Bowie-Space Oddity