quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Boletim Informativo


Há muito tempo que não escrevo neste blog apenas pela obrigação de escrever. Raramente escrevi neste blog de forma explícita sobre a minha vida pessoal. Apenas aqueles que me conhecem pessoalmente encontram nas minhas palavras significados que são não mais do que abstracções semânticas.

Muito se tem falado ultimamente de liberdade de expressão e tenho visto que por vezes há quem invoque nos blogs essa liberdade de poderem dizer o que lhes vai na cabeça e que em nome dessa liberdade de expressão ninguém tem o direito de lhes tirar esse direito.

Ora bem, um blog não é um meio de informação público. Pelo menos este não o é. Aqui só há uma pessoa que tem total liberdade de expressão porque entendo este blog como a minha casa de palavras. Isso não quer dizer que pretenda fazer censura ou que não aceite quem me critique ou que me dêem opiniões, mesmo que essas não sejam as minhas, nada disso, mas reservo-me no entanto o direito de poder ter a última palavra.

Por aqui só havia uma pessoa que não era bem vinda, agora há duas e isso porque no passado dia 10 às 8h30 da manhã tive uma visita oriunda de uma empresa de crédito automóvel e que me visitou depois de ter recebido um mail calunioso a incentivá-la a vir aqui ler pretensos insultos. Ora a verdade só é insultuosa para quem não tem vergonha na cara e depois quando quiser insultar alguém, irei fazê-lo de forma clara e inequívoca e não omitindo as razões que me levam a fazê-lo e até pode ser que o faça um dia, mas não tenho nisso nenhum objectivo de vida.

À semelhança de muitos, este frio e outros afazeres tem-me mantido afastado de blogoesfera, mas este blog não vai fechar e espero em breve retomar a escrita regular de vários textos que tenho na cabeça, mas gostaria que de uma vez por todas que quem não gosta do que escrevo ou quem não gosta de mim e do que sou e do que represento, não ponha aqui os pés, nem aquela que não é bem vinda, nem a outra que vem para poder anuir ao fel. Façam lá o favor de ficarem no vosso canto de insignificância que eu ficarei no meu.


The Clash - London Calling

30 comentários:

Chocolate disse...

humm mas anda por aí alguma vaga de gente que só sabe ir aos blogs dos outros chatear??
Haja paciência se não gostam não comam!!!

acho bem que não acabes com o blog, eu gosto de vir cá ler... apesar de nem sempre comentar ...

bjs

Cirrus disse...

Acho que não sou eu...

Grande música, ò Jesus!

;)

Francisco Vieira disse...

Pegou moda! Bem, tens sorte que a ti mandam-te emails e nao te insultam em blogs de terceiros.

Disseste e muito bem. Um blog tem a total responsabilidade e a autoridade apenas do seu do autor. Eu escrevo quando me apetece, sobre o que ou quem me apetece, directa ou indirectamente. So nao tenho o direito de levantar falsos testemunhos a ninguem, embora ja mo tenham feito a mim, mas um erro nao justifica outro erro. Quanto ao sentirem-se visados ou ofendidos por algo que eu escreva em post, pois temos pena...cada um tem o que merece! Ninguem pense em me atirar pedras e receber flores. Quem nao gosta que passe pela rua de baixo...

Abracos, Jesus

Storyteller disse...

Liberdade de expressão... o que é, na realidade?

Liberdade de discurso, liberdade de expressão e liberdade de pensamento. Três liberdades diferentes que são, muitas vezes, confundidas.

Sou defensora acérrima destas três formas de liberdade. Não censuro e não admito ser censurada. No entanto, as minhas palavras, os meus actos e os meus pensamentos, se forem atentórios da alínea 1 do artigo 26º da Constituição da República Portuguesa poderei ser chamada perante a Justiça para prestar contas.

Sou daquelas que acho que na blogofera existe liberdade de expressão e liberdade de pensamento (liberdade de discurso não, pois isso implica verbalização e não escrita). No entanto, não admito que, de forma gratuita e apenas movidos pelo rancor, raiva, ódio, inveja, ciúme, parvoíce, estupidez, falta de educação e afins, bloggers insultem outros bloggers.

Isto para dizer que continuo a aceitar todo o tipo de comentários no meu blog. O que acontece é que, se sentir que o meu bom nome, reputação e imagem forem lesados, poderei sempre invocar as alíneas 3 e 4 do artigo 37º da Constituição da República Portuguesa.

Resumindo... deste-me uma excelente ideia para um post. Merci!

Vani disse...

Pois eu repito que, no meu blogue não há democracia. =D Mando eu e só eu!! Quem não gosta, temos pena. Há mais blogues pela blogocoisa fora.

É verdade q muito se fala da liberdade de expressão, mas, até onde pode ir? Até uma manifestação de um grupo onde é desejada a morte de um terceiro?...

catwoman disse...

Hoje já estás irritado por isso não vou implicar, se tem algo a ver com o post anterior em que impliquei contigo só o faço aqui, ok! Não fui eu, estou inocente!
Já consegui um sorriso?
Menos mal.
:) tem uma boa noite.

LBJ disse...

Chocolate,

Pois parece que sim, no meu caso é apenas ruído que ainda teima, mas já nem incomoda.

Ainda bem que gostas, sabes que eu fiquei com a impressão que te vi um dia destes? :)

Beijos

LBJ disse...

Cirrus,

Claro que não és tu. Aliás sabes que tens o meu respeito por dizeres aquilo que pensas mas não procurares conflitos estéreis.

Os Clash são uma das minhas bandas de eleição e este London Calling tem muito que se lhe diga.

Abraço

LBJ disse...

Bom dia Francisco,

Pois é isso mesmo, para mim o meu blog é um pouco como a minha casa, que está de portas e janelas abertas, espreita e entra quem quer, agora parece-me masoquismo que quem sabe que não é bem vindo, que quem me acha a pior pessoa do mundo, que quem acha que eu estaria melhor a apodrecer e que quem acha e que sempre achou que não tenho qualquer jeito para escrever, passe a vida a vir aqui, por exemplo hoje estava cá às 0h30, imagino que antes de se deitar e às 7h40 já cá estava outra vez, espero que tenha tido tempo de ter ido mijar no entretanto, haja pachorra…

Quanto a levar conflitos, assuntos pessoais e discussões para casa alheia, para mim isso é falta de educação.

Abraço

LBJ disse...

Story,

Ok, já sei que és uma enciclopédia ambulante :) Aliás continuo a achar espantoso que ainda haja quem te menospreze, mas enfim…

Olha fico à espera do teu post e no entretanto beijos lambuzados

LBJ disse...

Vani,

Pois é, esta é uma democracia que é primeiro minha e depois dos outros e com é à borla come quem gosta :)

Mas e então onde é que ficam os piris na tua democracia? :)

Beijos

LBJ disse...

Cat,

Não estou nada irritado, que já não dá para isso, só me cansa a beleza, a palermice de quem quer implicar e que devia era de procurar melhorar a sua vida e daqueles de quem é responsável.

Agora tu não implicas, tu espevitas e isso é bem-vindo e sim fazes-me sorrir que cada vez é mais importante para mim.

Beijos

Chocolate disse...

Foi?
viste assim uma rapariga gira?? é pá falhaste... aqui deste lado nada do que se pareça com isso...

mas apesar de estar lá perto do sitio onde parece que me viste (sim um passarinho contou-me... ;) ) não era aqui a Chocolate...

Será que tenho uma mana gémea e não sei? Yupieee!!!

Storyteller disse...

Não tinhas já desistido dessa teimosia em me enviar beijos lambuzados?
Ai o caraças!...
Imagina que eu dizia de volta «beijos lambuzados para ti».
Já viste a belhequice que iria instalar-se neste blog? Aí sim, é que afugentarias muita gente!

LBJ disse...

Chocolate,

Pois era gira era, mas foi ao longe e dai a confusão :D

Já sei que o passarinho chilreou :)

Se tens uma irmã gémea já não sei :)

beijos

LBJ disse...

Story,

Desistido? Eu? E lá sou homem de desistir :)

Não mistures as lambuzisses com as belhequices que só iria dar chatices :D

Mais beijos lambuzados

Storyteller disse...

Andas inspirado!
Agora versejas?

Belheques vários!

Ana Camarra disse...

Vizinho

Primeiro: isso agora é praga!
Segundo: Entendo isto como tu, o meu também é a minha casa de palavras, até aceito bem as criticas, as parvoíces não.
Terceiro: Please, please, não feches!
Quarto: grande música!

Por fim

Beijo Grande

Vani disse...

os piris têm toda a liberdade de expressão que quiserem...eu nem sequer os consigo ouvir ahahahahah!

A liberdade de uns termina quando interfere com a de outros. Há liberdades e liberdades. A liberdade de expressão é uma responsabilidade e deve ser utilizada com sabedoria, não ser usada e abusada.

Lalisca disse...

Estamos quase em sintonia.

beijos e bem hajas.

Pearl disse...

Gosto sempre de ler-te, não demores e nem feches a porta.


um beijo e obrigada.


:)

LBJ disse...

Story,

versejo :)

Lambuzos vários

LBJ disse...

Ana,

Pois é... e nada pior que quem não nos quer bem vá entrando e abrindo os armários :)

Eu sei que temos gostos musicais muito parecidos, aliás a tua playlist faz-me companhia muitas vezes :)

Beijos vizinha

LBJ disse...

Vani,

Eu sei que tu os ouves, de uma maneira muito especial mas sei que os ouves ;)

Pois a liberdade é mesmo uma responsabilidade, seja ela qual for...

Beijos

LBJ disse...

Lalisca,

Bem vinda... Volta mais vezes.

Estamos? Tenho que ir espreitar.

Beijos

LBJ disse...

Pearl,

Não fecho não e não vou demorar e gosto muito de te ler e que me leias.

Beijinho

mf disse...

Sabes que mais? Na minha toca não há cá democracias, mando eu e ponto final. E por isso corto o pio a quem se lembra de aparecer lá na toca a dizer o que eu não gosto. O mais interessante é que este gesto de rejeitar comentários e nem sequer mencionar a sua existência afasta, por norma, os indesejados... Talvez porque não ali não têm nenhum tipo de hipótese de se fazerem ouvir.

Beijo, ó cachopo. Nada de fechares portas aqui aos amigos. ;)

MJ Pratt disse...

Permite-me exercer o direito á Liberdade de Expressão que me concedeste aqui no blog para te perguntar uma coisa:
Quando regressas?
Quando é que o Louco regressa?
Quando é que os Privilégios regressam?
Quando é que os Inquisitórios regressam?
Ok, não perguntei apenas uma , mas sim quatro coisas.
Um beijinho.

LBJ disse...

Hedgie,

Não me precisas de me dizer que és uma ouriça que eu sei e uma com espinhos com muita pinta:)

Aqui não se fecham portas, apenas algumas janela para não entrar mau cheiro ;)

Beijos

LBJ disse...

Miss Maltese,

Tinha saudades tuas...

Respondendo às tuas perguntas, hoje, amanhã e sempre que ainda sentir que há por ai pessoas como tu :)

Beijos linda