quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Noutras andanças

Um toque de génio e uma vénia de admiração: “and now for something completly different”



Monty Python - The Funniest Joke In The World

23 comentários:

Storyteller disse...

Ó que bolas! Agora estou aqui toda curiosa! Raios para os Monty Python! Isto não se faz!
Buááá!

MJ Pratt disse...

Olá!
Realmente, os Monty Python vieram revolucionar a forma de fazer humor e aprimorar o non sense britânico. Eram geniais!
Para mim, uma das melhores piadas deles é a «Nobody expects the spanish inquisition».
Muito bom!
Obrigada por este bocadinho de alegria num dia acinzentado.

Bjs

Cirrus disse...

Um toque?? Um toque???

Monty Pithon eram Os génios da comédia. Os filmes são do mais sarcástico que pode existir. A série era imperdível!

LBJ disse...

StoryTeller,

Tu que sabes tudo sempre podes tentar traduzir do Alemão :)

Beijos

LBJ disse...

MJ Pratt,

Aqui tens para matar saudades :)

http://www.youtube.com/watch?v=nHGOl-jfUK0

Beijos

LBJ disse...

Cirrus,

Tens razão, eram os génios da comédia, cresci a admirá-los e sempre retorno aos seus filmes que não perdem actualidade.

Deixo-te aqui uma curiosidade que prova a sua genialidade e forma de estar na vida, mesmo nos piores momentos.

http://www.youtube.com/watch?v=L0IojcxUQUY

Um Abraço

Storyteller disse...

O que eles dizem é isto:
«Wenn ist das Nunstruck git und Slotermeyer? Ja! Beiherhund das Oder die Flipperwaldt gersput!».
Mas como não sei alemão, não sei traduzir. Alguém dá uma ajuda?

MJ Pratt disse...

Obrigada!
Não me canso de rever este sketch. Gosto mesmo muito das entradas triunfais dos cardeais Ximénez, Biggles e Fang e da enumeração das suas armas: "Amongst our weaponry are such diverse elements as fear, surprise, ruthless efficiency, an almost fanatical devotion to the Pope, and nice red uniforms!".

Bjs

LBJ disse...

StoryTeller,

AHAHAHAH, a piada é recursiva, não quer dizer nada, apenas são palavras que não fazem sentido, lamento :D

Beijos

LBJ disse...

MJ Pratt,

Não consigo resistir... O meu homónimo usa as mesmas armas no Benfica :D

Beijos

MJ Pratt disse...

Como sou bem-educada e não estou na minha casa, abstenho-me de gritar a plenos pulmões «GLORIOSO!!!». Como tal, não vou gritar «SLB! SLB! GLORIOSO SLB!».

Denoto, nas tuas palavras, uma certa dor-de-cotovelo à mistura com uma dose saudável de inveja. Acaso serás lagarto?

Bjs

LBJ disse...

MJ Pratt,

Podes gritar à vontade não te considerarei menos por isso, sou mesmo agnóstico o que quer dizer que a carapuça de lagarto não me serve, mas gosto de verde e de amarelo o que não faz de mim Brasileiro. A piada do Benfica foi boa, despe lá o orgulho e reconhece que sim, vais ver que te faz uma melhor pessoa, depois podes gritar outra vez :D

Beijos

Gata2000 disse...

Eu gosto dos Monty Python, mas achei muita piada a alguém entrar num escritorio de advogados e pedir repolhos! LOL

MJ Pratt disse...

Como procuro constantemente tornar-me numa pessoa melhor, reconheço publicamente que a piada sobre o Benfica (esse Glorioso clube, orgulho nacional - por vezes desorgulho, mas enfim...) foi boa. Assim como os repolhos. Esses então, foram muito bons!

Bjs

P.s. - Eu gosto de cor-de-rosinha; será que faz de mim um sketch dos Gato Fedorento?

catwoman disse...

Hum, os Monthy Python são mesmo os melhores e, de facto, as palavras só têm pronúncia alemã porque de resto são coisas sem sentido, que é o verdadeiro sentido de humor deles, o nonsense.
Wilkommen.

LBJ disse...

Gata,

Ainda bem que gostaste, sempre gostei da liberdade criativa que nos permite o nonsense.

Tenho que confessar que nesta altura da vida me apetecia pedir repolhos num escritório de advocacia :)

Beijos

LBJ disse...

MJ Pratt,

Um dia alguém me disse que todos os Portugueses nasciam Benfiquistas mas que depois alguns cresciam (claro que não partilho da ideia, até porque tenho bons amigos Benfiquistas e que são gente grande, olha por exemplo um dos melhores amigos desta casa o Forte).

Relativamente a gostares de cor-de-rosa para mim faz de ti felina e elegante, ou seja uma pantera :D

Beijos

LBJ disse...

Cat,

Nunca me preocupei em perceber o que era dito, assisti a este sketch pela primeira vez, era bem miúdo e lembro-me de rir desalmadamente a ver os Alemães a cair das árvores e do tradutor que leu inadvertivamente duas palavras e que esteve semanas em coma no hospital, são coisas que marcam e os Monty Python serão sempre uma referência para mim, recomendo que vejas o clip que indiquei ao Cirrus que é a elegia fúnebre feita ao Graham Chapman pelo John Cleese é algo delicioso.

Um Beijo

Namorado da Ria disse...

Aos anos que nao me lembrava disto...arranjas cada uma, tu!
Boa noite e um Abraco

Vani disse...

Bem, sem legendazitas não vou lá :D Mas adoro os Monty Python :D e o seu humor cáustico :D

A cena do apedrejamento no Life of Brian é memorável...LOOOOOOL!

LBJ disse...

Francisco,

Estás velho pá!!! ;)

Abraço e bom dia ou boa tarde ou boa noite que isto das diferenças de fusos é confuso :D

LBJ disse...

Vani,

Ora uma cientista não precisa de legendas :)

a cena do apedrejamento é memorável sim senhora.

Beijos

Adenosina Trifosfato disse...

Eu lembro-me sempre do momento escatológico do "wafer-thin mint" do Mr.Creosote ou do Ermita e da discussão sobre os romanos na tertúlia de judeus e a triunfal entrada deles em forma de rusga na casa em " A vida de Brian". Fabulosos.