terça-feira, 16 de junho de 2009

Aridez

Hoje é um daqueles dias em que parece que o cérebro está seco, como uma fruta que se passou ao Sol ainda presa no tronco da árvore e que os ventos do fim do Outono hão-de fazer tombar no chão. Hoje é um daqueles dias em que a imaginação é água presa num dique estanque de betão cinzento sem fugas nem razões de fluir. Hoje é um daqueles dias em que pensar é um acto de esforço artificial, uma dor fina indistinta, presente, constante de ausência.

Apetece somente o não sei o quê e a aridez de deixar passar o tempo, para outro tempo mais cheio. Apetece somente o estado do lagarto que poupa energia debaixo do calor. Apetece somente a visita do gato que se espreguiça de mistérios. Apetece somente escutar ritmos lentos, bebendo suavidades sonoras em languidez melódicas. Apetece somente deixar a pontinha do suor escorrer sobre o viscoso do corpo, este corpo deitado sem deleite.

Saio de onde não entrei, sem convicção de realizar, debito vazios em estado puro, produzo obras não começadas e roteiros para ementas de fome. Entro por onde não posso sair, desejoso de uma nova manhã e outro acordar, de mais brilho de ideias, de voltar a poder ter o poder de esculpir o belo com conteúdo, de voltar a poder ter o poder de pintar o simples com significado, de voltar a ter o poder de poder escrever razões de vos merecer.


Lisa Ekdahl-Give me that slow knowing smile

18 comentários:

forteifeio disse...

Da minha parte, fazes o favor de escrever dessa forma única na net, e eu não mereço nada, antes pelo contrário tenho o prazer de ler esses traços que produzes. Vazio,todos temos, todos, mas tomara termos os teus vazios para depois escrever dessa maneira. E digo-o porque o sinto.

Ana GG disse...

Fazes-me também um favor? Põe um sorriso nos lábios e diz para o teu umbigo "força LBJ, está merda vai passar num instante".
Vazio ou preenchido, árido ou verdejante...a tua escrita é uma delicia.

E já estou como o Forte, digo-o porque o sinto.

Um beijo

Pearl disse...

Mereces a minha total atenção porque são belas e de conteúdo as tuas palavras...mas mesmo assim te digo: amanha é um novo dia, com tudo por encetar!


beijos

Treze disse...

É do calor...

E já agora, quanto ao merecer, deixa lá os elogios :) Acho que é mais ao contrário.
É um privilégio nosso (meu, pelo menos) estas leituras, nunca vazias, bem pelo contrário :)

Natalia Galvão disse...

http://baunilhaechocolates.blogspot.com/


achei que o nome do blogue me iria prender a uma situação em particular e não quero ser sempre tão explosiva!!!:)

Beijinhos

NAJÁLIA

Pronúncia disse...

LBJ, há dias assim. Tomara eu poder escrevê-los como tu o fazes!

Mesmo nos teus dias de aridez, a forma como os descreves é fértil e deliciosa para quem lê.

Por isso faz-me o enorme favor de escrever, estejas contente ou triste, com ideias ou sei ideias, porque para mi é SEMPRE um enorme privilégio ler as tuas palavras.

Fica bem!

Beijo e :)

Ana GG disse...

LBJJJJJJJJJ!!!!

Where are you?
;)

LBJ disse...

Forte,

Sei que o sentes e obrigado po o sentires :)

Abraço

LBJ disse...

Ana,

Já estou a sorrir :)

Beijo

LBJ disse...

Pearl,

Obrigado pela atenção e hoje foi um outro dia e amanhã será mais outro :)

Beijo

LBJ disse...

Treze,

O calor realmente está insuportável.

Sabes que isto do privilégio é mesmo para partilhar, só faz sentido partido em fatias e distribuido aos amigos :)

Abraço

LBJ disse...

Natalia,

Já está corrigido, vai passando :)

Beijo

LBJ disse...

Pronúncia,

Às vezes a minha aridez mental até a mim me surpreende e mais que ainda consiga produzir algo que dê prazer, enquanto houver pessoas assim como tu e todos estes amigos irei escrevendo, nem que seja com uma mão a empurrar a outra :)

Beijo

LBJ disse...

Ana,

I'm here, but wait for me, I will visit you :)

Kisses

Fada disse...

Usando uma velha expressão: Há dias assim!

Mas para combater essa aridez toda, sabes o que podias fazer??
Ir comer um daqueles gelados que te mostrei... :D

"Caseiros" (fazem-nos na loja, mesmo), fresquinhos, saborosos, não enjoativos, com TODOS os sabores çá existentes por apenas 1,5€ o que viste... :)
"Há coisas fantásticas, não há?"

Beijitos

PS - Por vezes, para refrescar, basta molhar os pulsos com água fria. Em casos mais críticos, e na impossibilidade dum banho, molha-se também a nuca. E se possível: os pés. :D

Princesa (des)Encantada disse...

Este não é um texto árido e merece bem a leitura. Para mim, é um dos mais bonitos que escreveste.
Mais do que um tempo de aridez, pode ser um tempo de absorção. Às vezes é preciso ensoparmo-nos de pequenos nadas, numa paragem de tempo e vontade, para que a seguir se retome a estrada sentindo outos ventos, vendo outras paisagens. Não é uma aridez. É uma aragem. :)
Um beijo

LBJ disse...

Fada,

Bem preciso dos teus conselhos, obrigado :)

Beijinho

LBJ disse...

Princesa,

Obrigado pela tua aragem é sempre bem vinda:)

Um Beijo