sexta-feira, 5 de junho de 2009

Eterna efémera



Ainda me surpreende a forma simples dos momentos em que somos, surpreende-me os momentos em que sem perceber porquê conseguimos não ser.

Eu gostava de ter o poder de eternizar um instante, fechá-lo em garrafa cristalizado para todo o sempre e revivê-lo apenas num leve sacudir. Eu gostava de poder eternizar o teu sorriso, o pontinho de brilho do teu olhar, a suavidade da pele do teu ombro, uma gota do teu suor, o odor do teu intimo, as razões do teu prazer e o momento anterior ao teu suspiro. Eu gostava de poder eternizar esse instante e transportá-lo como talismã para toda a parte e reviver por um momento para sempre, aquele momento em que somos, de forma simples, num leve sacudir.

Eu gostava de ter o poder de efemerizar um instante, fechá-lo em garrafa cristalizado para todo o sempre e esquece-lo apenas num leve sacudir. Eu gostava de poder efemerizar a incerteza da tua ruga, o vazio dos teus olhos, o espaço do teu apartar, o sal das tuas lágrimas, a ausência do teu cheiro, as causas da tua tristeza e o momento anterior ao teu grito. Eu gostava de poder efemerizar esse instante e enterrá-lo como maldição em lugar incerto e esquecer aquele momento para sempre, aquele momento em que conseguimos não ser, sem perceber porquê, num leve sacudir.

A eterna certeza é efémera tanto como a efémera duvida é eterna, resta-nos tornar eterno o efémero, sem perceber porquê de forma simples, num leve sacudir.
Evanescence-Missing

22 comentários:

Storyteller disse...

Também eu gostaria de cristalizar momentos, situações, vivências. Eternizá-las no tempo seria forma de poder revisitá-las sempre que quisesse.
Porque será que tenho dentro de mim esta tão grande nostalgia? Não estarei satisfeita com o que tenho? Com o que vivo? Com o que sou?
Ok, acabaste de me inspirar para escrever um post.
Obrigadinha, sim???
;)

Ana GG disse...

Gosto mais dos momentos em que somos. Gosto de ser.
Os instantes, também gostava de os poder eternizar e revivê-los num leve sacudir. No meu caso não se trata de nostalgia, é mesmo saudade.

Se descobrires a fórmula, partilha.

Pronúncia disse...

Prefiro os momentos em que somos.

Aos momentos que gostaria de eternizar e como não é possível revivê-los, pelo menos relembro-os e chamo-lhes... Saudade!

São poucos os que gostaria de efemerizar, e ainda bem que assim é.

Bom fim de semana, cheeinho de momentos que gostasses de eternizar :)

Beijinhos

mf disse...

As saudades são lixadas...

Princesa (des)Encantada disse...

A força dos momentos é a sua brevidade. É saber que não se repetem. Que não se revivem, que não nos elevam nem nos magoam mais da mesma forma. Mas que também não se mudam. Serão sempre o que forma. Recordam-se, mas nunca se recuperam. E ainda bem, ou perdiam o seu valor.

Luz disse...

Percebo cada palavra do que escreveste e, em teoria, também eu gostaria de tornar eternos alguns momentos.
No entanto, se eternos fossem, onde ficava o nosso caminho, aquele que todos os dias traçamos com os pés? O nosso crescer, o nosso evoluir? As experiências que devemos acumular? As coisas novas, as descobertas?
São momentos eternos dentro de mim. Acho que me basta saber isso.
Beijo

LBJ disse...

Storyteller,

Pois reviver com todos os sentidos, sempre que nos apetecesse :)

Eu acho que estarmos satisfeitos com o que temos é meio caminha andado para muito rapidamente deixarmos de estar :)

Fico satisfeito de te ter inspirado :)

LBJ disse...

Ana,

É bom quando somos :)

A saudade é muito nossa, parte da nossa maneira de como somos :)

Se encontrar a formula mando de imediato para Sul ;)

Beijo

LBJ disse...

Pronúncia,

Eu sempre disse que tu e a Ana são almas gémeas, acabaram de partilhar as mesmas ideias, lindo :)

É bom ter poucas coisas para esquecer, eu não me posso queixar do mesmo e continuam a amontoar-se, mas felizmente também instantes para eternizar :)

Obrigado e igualmente que desta vez ainda vou a tempo, bom meio tempo :)

LBJ disse...

Hedgie,

Pois são ;)

LBJ disse...

Princesa,

A memória não me chega para certos momentos, gostava mesmo de ter uma forma de os poder voltar a sentir :)

Isso não os faz perder o valor, aumentava a sua duração.

Beijo

LBJ disse...

Luz,

Bem vinda :)

Há sem duvida o risco de nos podermos prender à eternidade de um momento e querer ficar ali e perder a oportunidades de outros momentos, mas que sabia bem sabia :)

Beijo

Fada disse...

Agora fecho a boca, que o queixo caiu, e digo-te: Que texto mais lindo!!!!

Pronto, já disse!

Beijitos :)

LBJ disse...

Fada,

:)

Muito obrigado

Beijo

Pearl disse...

Há momentos unicos, mas mais que momentos são as pessoas únicas que a vida nos dá, muitas vezes até sem perdirmos...


Sabes que eterniza-los é impossivel, se bem que eu acho que a escrita eterniza tudo nesta vida!
Mas podes criar momentos desses todos os dias, todas as horas...e nesses momentos está a eternidade, daquilo que queremos ter,
que queremos ser,
que devemos amar
e guardar e apreciar!

beijos

forteifeio disse...

Mas eternizar tudo poderia ser parar e fecharmo-nos, talvez o propósito seja o de avançar e aprender, mas aprender esqueçendo mas reflectindo e avançar para que não fiquemos refém do passado.

LBJ disse...

Pearl,

Bem vinda, dá-me particular prazer receber aqui os amigos dos meus amigos ;)

Tens toda a razão sobre a importância de algumas pessoas que a sorte ou o destino nos premeia, às vezes sem o merecermos, eu ultimamente considero-me bafejado por essa sorte ou esse destino no conhecimento de pessoas especiais que apetece guardar eternamente.

A escrita é o meio em que consigo fixar um momento no tempo e espero que estes meus rascunhos verbais agradem realmente a quem os lê.

Um Beijo

LBJ disse...

Forte,

Guardar os melhores momentos e fazer por esquecer os maus, a nós e àqueles que estimamos, seria bom.

Tens toda a razão de que a vida é um processo de aprendizagem e que tudo o que não nos derruba faz-nos mais fortes.

Olha e para quando irmos comer um bife à trindade? ;)

Abraço

Who Am I disse...

O eterno é o instante que se reproduz vezes sem conta...o que pode ser efémero é a vontade de o fazer :)

beijinho

LBJ disse...

WAI,

Eterna será a vontade, enquanto não a quisermos efémera:)

Beijos

forteifeio disse...

LBJ

amigo temos de combinar isso, aos sábados dá-me mais jeito

abraço

LBJ disse...

Forte,

Então será num sábado destes, próximo ;)

Sugiro que combinemos depois por mail :)

Abraço