segunda-feira, 17 de agosto de 2009

O Privilégio do Disparate–Ed. Esp.cem interesses cem limites cem escrúpulos cem pudores cem estupores cem vergonhas cem tretas cem riquezas cem cem

Gostamos de efemérides, razões para festejar, estabelecer marcos e pontos de referência onde paramos e bebemos um copo e brindamos ao passado e ao futuro e aproveitamos para falar de coisas sem importância e outras causas fracturantes, reunimos os amigos e convidamos também aqueles que nem gostamos muito mas que parece mal não convidar até porque se não os convidássemos muitos dos outros não viriam e a festa seria um fiasco e nada pior que uma comemoração falhada porque é um ponto no tempo e na história que não se repetirá.

Para os mais distraídos este é o post numero cem deste blogue e quase que não era porque como sou muito aéreo nem os estava a contar mas aconteceu que reparei de repente que o anterior era o 99 e a inevitabilidade do sistema de numeração leva a que este seja o cem, por outro lado se este post não fosse o cem nunca o escreveria o que quer dizer que temos aqui um paradoxo notável e algo que sei me vai ocupar longas horas de reflexão se não vejamos estou a escrever o post número cem porque é o número cem ou seja a causa é o efeito e acho que acabei de violar uma ou duas leis da física e nem sei se existe legislação que puna quem viola estas leis e se não há devia haver porque todas as leis devem ser implementáveis, fiscalizáveis e puníveis por incumprimento ou dolo e acho que me estou a repetir e que já usei esta frase no passado mas que se lixe que hoje é dia de festa.

O cem é importante porque é um numero redondo são dez dezenas, pode ser decomposto em matriz e é um factor de escala e que me perdoem os matemáticos pelos disparates que estou a dizer mas gosto do cem, suei para cá chegar cem querer ser vaidoso todos os textos me saíram do pêlo cem copypastes e cem fotos para encher e cem referências cruzadas para a criatividade de terceiros e não estou a criticar quem o faz sobretudo porque muitos o fazem maravilhosamente bem e me dão prazer por o fazerem.

Bom… Antes que me perca queria agradecer a presença de todos os que aqui puderam estar hoje presentes e que sei serem poucos de acordo com as estatísticas e que sou um cabrão que escreve difícil e de forma elitista ou banalidades e coisas sem interesse e poucos mexericos e nada de intrigas de bastidores políticos ou desportivos e que bem que podia escrever mais sobre sexo porque sei até que quando me empenho na coisa até consigo provocar alguma comichão e que não falo de moda nem de ralações ou relações entre bichos assexuados ou pessoas o que quer dizer que a vossa presença ainda me é mais querida e pensem que são uma espécie em vias de extinção porque este blogue mantém constante nas duas dezenas o numero diário de visitantes há meses o que pela ordem natural das espécies o que não cresce não gera diversidade e vai acabar por se consumir ou neste caso transformar-se num pequeno clube de qualquer coisa e aceitam-se sugestões para a decoração.

Paro antes que comece a chorar com a comoção porque sou um ser sensível embora possa não o parecer e como estou em maré de comemorações queria comemorar a perca de consciência cívica e humanista e política e interventiva da classe artística, aquela que a tantos chega e que tanto poder teve no passado e porque me lembrei de Aung San Suu Kyi e desta velha canção… Tchinn Tchinn.


The Specials -Nelson Mandela

23 comentários:

Who Am I disse...

Cem maneiras cem saber como cem saber porquê cem nada

que seja o cem dos muitos cem que vão fazer o livro da tua vida :)

beijinho

cem vergonha (sou?) ihihihi

LBJ disse...

WAI,

De poeira entranhada farei o livro da minha vida meio escrito meio vivido meio esquecido meio sentido meio vazio meio cheio meio por meio :)

Cem hoje menos amanhã que nunca me falte o carinho da tua amizade...

Beijinho

AnaGG disse...

Que continues por muito mais tempo a escrever os teus textos cem papas na língua.
Nós, os 20, estaremos cá sempre pelo prazer de te ler.

cem (de 100) bêjos

Pronúncia disse...

Podemos ser poucos, mas gostamos de cá vir ler o que escreves... cem manias, cem preconceitos e cem modas.

O 100 é sempre especial.

Estive para fazer o meu apenas com o número "100" no título e deixá-lo em branco... assim, como que há consideração dos comentadores! Mas não resisti e lá escrevi qualquer coisita!

Parabéns! Venham mais 100 :D

LBJ disse...

Ana,

É pelo prazer de saber quem me lê que continuo :)

Cem (100) Bêjos

LBJ disse...

Pronúncia,

Sejas bem aparecida grande mulher do norte :)

Que venham então mais cem :)

Beijo

13 disse...

Em extinção pareces-me estar tu, caro LBJ, pelo que condegues escrever e com o que não precisas utilizar para escrever - como bem referiste - e entreter.

Que venham outros tantos e mais ainda!

Abraço.

rosebud disse...

+ cem palavras + cem dizeres + cem prazeres que é sempre um prazer ler
o que tão bem escreve.

Fátima disse...

Descobri hoje o seu blog por acaso, li e cheguei ao fim do post cansada de ler! mas gostei escreve muito bem.

Parabéns pelos 100 posts!

Gata2000 disse...

Hoje já posso comentar, depois de ter posto a leitura em dia, confesso que foram 2 dias com muita hora de leitura, que isto de vir de férias tem muito que se lhe diga.

Parabens pelo diário do louco que és tu e pela edição especial, cem espinhas!

Keep it up!

Jane Doe disse...

OOooOoOohhhHhhHHhhhhh

Eu também estou cá!

Eu faço parte deles. Nao quero cá clubes que eu actuo sozinha mas tou cá!

Sem pc mas tou cá!

LBJ disse...

13,

Meu amigo numérico, ainda me candidato a espécie protegida :)

Obrigado pelas tuas palavras, cá estarei para mais cem e estás desde já convidado para a festa.

Um Abraço

LBJ disse...

Rosebud,

Quando é que te decides e fazes um blog para podermos ler as tuas ideias que pelo que pude ver nos teus comentários aqui e noutras casas de amigos valem bem a pena ler, vá lá junta-te de vez ao grupo, pelo menos um seguidor tens desde já garantido :)

Beijo

LBJ disse...

Fátima,

Bem vinda, eu sei que canso e quem me lê há mais tempo sabe que escrevo estes posts também sem respirar e sem pensar e sem correcções num exercicio de escrita crua.

Vou passar pelo teu canto para te conhecer também. :)

LBJ disse...

Gata,

Bom retorno e lamento as férias não terem corrido bem e obrigado pelas tuas palavras, o diário e os privilégios vão ter lugar de destaque enquanto durar o calor porque os imagino mais fresquinhos :)

Beijo

LBJ disse...

Jane,

Eu sei que estás cá e sei das grandes dificuldades que tens para cá estar o que torna ainda mais significativa para mim a tua presença.

Fazes parte do meu clube de amigos e tu sabes que eu pelos amigos estou sempre presente :)

Beijos CLJ

forteifeio disse...

LBJ

Cem ?
Opá deixa lá isso, venham mais 1000!

Parabéns

Grande Abraço

LBJ disse...

Forte,

1000? A uma média de 10 por mês isso dá quase dez anos, achas que ainda tenho tesão para tanto ? :D

Eu tento aguentar se tu estiveres cá para ler ;)

Forte Abraço

ipsis verbis disse...

Parabéns pelos 100.

Cheers! ( porque se em vez de um bar nos encontramos em blogues, porque não? :)

LBJ disse...

Ipsis,

Não podias ter escolhido música melhor, sempre adorei esse genérico :)

Cheers (You wanna go where everybody knows your name)

Obrigado.

Beijos

rosebud disse...

Menino Jesus

Muito obrigada pela simpatia das palavras a mim dirigidas.
Um dia que pouse,quem sabe?

D

Euza disse...

Há muito a comentar, mas fico no páragrafo final. Se aí é AMas a classe artística não foge mais à regra. E a regra hoje é se perder num individualismo imensurável, né?
Beijo, querido.

Fada disse...

:D

Ando como a justiça: Atrasada, mas não falho!!!

Ainda há um copinho de espumante para mim?... :D

Tchin Tchin, e venham mais...
Cem mil!!! :p
(Que eu a pedir, peço logo à grande!!!)


Beijinhos, muitos, mais de cem!!! :D

E um abraço graaaaaaaaaaande! :)