domingo, 3 de maio de 2009

O Privilégio do Disparate - Quarto crescente com vista para o lado obscuro de um bicho de faz de conta


Nunca vos aconteceu irem assim a guiar numa auto-estrada, com excesso de velocidade, só uns 40 ou 50 acima do limite, atentos por causa da merda dos radares e de repente… pás um bicharoco estatela-se no vidro, claro que se desfaz em papa mas o que me impressiona é que há alguns que estão assim cheiinhos de liquido colorido que depois se fica a espalhar, umas vezes é mais verde, outras pró amarelo, será que aquilo eram restos de shots? Haverá algures bares para insectos? E se sim, serão bares para insectos solteiros? Eu já vi duas moscas a foder, não percebi se eram casadas ou um encontro fortuito, até tive pena e não lhes interrompi o coito com Dum Dum, deixei acabar primeiro, mas depois fiquei a pensar na aranha solitária que fez casa no canto da minha sala a quem privei do pequeno almoço, sei que é javardice deixar lá a teia, mas tenho pena do bicho ali tão sozinho, haverá vibradores para aranhas solitárias? Por falar nisso como é que as mulheres passam os vibradores no controlo de bagagem dos aeroportos? E no caso de bagagem perdida, existe alguma opção para descrever os vibradores nos formulários? Se sim, leva em conta o tamanho, cor e textura? E a cor realmente importa para a satisfação das mulheres? Se sim, porque é que não se comercializam tintas seguras à base de açúcar para besuntar na piça? Olha querida hoje trouxe, verde alface e castanho ocre, qual é que te dá mais tesão? E devemos aplicar a tinta antes ou depois da erecção? Bom sempre se pode usar tinta elástica, mas será que aquilo depois não se pega à pintelheira? Não me apetece nada ter que rapar os pelinhos, faz-me impressão andar com os tomates desprotegidos e ao frio, sou sensível a estas coisas e serei menos homem por isso? E depois poderá haver mulheres que não gostam de nos ver peladinhos, poderão considerar falta de maturidade, nada pior para o orgulho de um homem, que lhe digam, olha deixa crescer isso e depois aparece, leva a mal entendidos, que nenhum homem aceita de bom grado que lhe ponham em causa a dimensão da coisa, porque na realidade o que importa é a habilidade e na falta dela sempre se pode recorrer a atributos linguísticos, que eu sei que as mulheres adoram poesia.




O caríssimo Daniel, no aniversário deste blog ofereceu-me um prémio e como para mim é um privilégio aceitá-lo e sei que para ele não é um disparate este é o melhor sitio para o guardar:




A partir deste mês, vou passar a fazer parte de um grupo de bloggers muito, mas mesmo muito talentosos que alimentam a prisão de palavras, claro que eu não me chego nem de longe perto do seu talento, mas comprometi-me em empenho e assim a 13 de Maio, farei lá a minha primeira aparição, ora digam se isto não é um sinal e um privilégio?

Para os distraídos, ponham a musica a tocar e voltem a ler o texto enquanto ouvem e depois vejam só o vídeo, não vos tá a apetecer ir comer coisas doces ou salgadas?
video
MNOZIL BRASS-Green Hornet

16 comentários:

Jane Doe disse...

Como não chegas aos pés do nosso talento? Tás tolo ou que?!

É que nem voltes a dizer que és menos que nós ouviste?!

Mas é que nem! Se não!!!

Se não...

Pois... Isso...

Jane Doe disse...

Ai, o resto do texto!

Ai que me ri!

Ai que adorei!

Ai vibradores para aranhas!

Tamanho microscópico não?

Imagina lá eu a andar a comprar vibradores para as bicharocas cá da minha casa que me presenteiam com belas teias!

The Bicharada Rules!

E os vibradores também! Ahahahahahahahahahah

Princesa (des)encantada disse...

Depois de pagares a multa, retira os insectos bêbados do vidro e leva-os de presente à tua aranha, coitada, que privaste-a das moscas. Mas também se não queres nada com a pobre da aranha não lhe dês esperanças, faz-lhe mas é as malas e deixa-a no aeroporto para que ela possa encontrar companheiro que a satisfaça, e para o caso de não acontecer, arranja-lhe um vibrador de latex que não dá chatice no controlo de bagagem. Na volta passa pela farmácia e compra uns preservativos coloridos, que é melhor que tinta e sempre consegues a côr, mas pergunta primeiro qual é a melhor côr, e também há com sabor, por isso discute antecipadamente o menu. Quanto aos pelos, agora a moda é mesmo tudo rapadinho, mas gostos não se discutem, e se faz frio, temos pena, homem que é homem aquece-se e aquece, com habilidade e outras coisas, tal como os referidos atributos linguísticos, não necessariamente poéticos, que na cama ouve-se mal, e a língua tem outros usos, e uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa. E desculpa lá ter exercido o meu privilégio desta vez, mas foram muitos comprimidos para curar a dor de cabeça, e há que dar voz ao disparate da minha insónia...
Parabéns pelo merecido prémio e lá estarei no dia 13 à espera da estreia. :)

Ana GG disse...

Acontece-me imensas ficar com os ditos cujos esparramados no vidro do carro, os meus costumam ser amarelos. Nunca me questionei sobre a sua alimentação, deve ser porque fico tão fod*** com a quantidade de água que tenho que gastar para tirar aquela pasta dali que nem me sobra tempo para divagações.
Já o bicho aranha faz parte da minha vida. Como moro no campo (bem, verdade se diga, quase campo) tenho visitas diárias. E sim, tenho mesmo uma aranha de estimação no escritório. Pintei-o e fiz questão de salvar a minha aranha. Era pequenina há uns anos e agora está grande e roliça. è querida, solitária e pacata...ia usar a expressão "não faz mal a uma mosca" mas tenho a impressão que não se adequa. Sinceramente não sei se usa algum vibrador para se animar, tenho que ficar mais atenta.
Já os vibradores coloridos são outra estória, nunca a entendi muito bem, ainda se fossem objectos decorativos...
A ideia das piças besuntadas com açúcar, não me choca assim tanto, a tinta acho perfeitamente dispensável (nota importante: não estou a ser ordinária, o teu texto é que me puxou pela língua).

O "Prisão de Palavras" fez uma escolha acertadíssima! Não sei qual dos dois está de parabéns, se tu ou se eles.
(Só espero que a fama não te suba à cabeça...ahahah)

A música não me provocou apetite. Porque será?

Ganda maluco que me saiste LBJ. Essa é que é essa!

;P

LBJ disse...

Jane,

Calma que eu assim fico com medo, larga lá o pau :)

Olha, não é falsa modesta, eu até há 3 meses atrás, não escrevia, ponto. Estou a aprender, há coisas que me saem naturalmente, outras com mais esforço, por exemplo este tipo de texto sai naturalmente, eu começo e sigo e não sei onde vou acabar e como não tenho objectivo nem regras é fácil, mas nota que nem toda a gente gosta, este não é um texto belo, nem de significado, esses quando os escrevo faço-o com algum esforço e muito de acordo com o espírito do momento. Talento? Não sei… Instinto, sim e o resto como te disse será empenho.

Eu também gosto de aranhas, menos de concorrência desleal ;P

LBJ disse...

Princesa,

Latex… Ora já aprendi qualquer coisa. Sabia que alguém me ia lixar com os preservativos e por isso e repara, para adoçar a boca, inventei as tintas à base de açúcar e depois com as tintas podes fazer misturas, podes inventar uma nova todos os dias ou até e porque não várias vezes ao dia e depois os pelinhos tem a vantagem de encaracolarem e do efeito de carícia e isso de uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa, já ouvi falar mas também, o que mais há por ai são más línguas ;P

E para quem não percebeu estes disparates são desafios ao exercício do teu privilégio, por isso não tens que pedir desculpa eu é que agradeço a réplica:)

LBJ disse...

Ana,

Ordinária? Sabes eu acho que falar das coisas do prazer e do sexo de forma natural, é isso mesmo natural, o meu Pai tinha escondidos num armário, primeiro porque eram proibidos e depois porque achava que eram leitura imprópria, os livros do Vilhena e eu li-os todos ainda muito miúdo, adoro brejeirice com bom gosto, era essa a sua arte, muitas pessoas não percebem, ora como diz a juventude temos pena, para a próxima não te acanhes, conta tudo:)

A tua aranha roliça de certeza que também tem estimação por ti e sabes que as aranhas dão sorte, eu sou agnóstico mas sou supersticioso.

Ganda maluco com pretensões a louco ligeiro, sem razões para internamento, mas outras para ser mais feliz:)

Pronúncia disse...

Só tu para começares com insectos esparramados num vidro, passares pela preocupação sobre a vida sexual das aranhas, considerações sobre vibradores, tintas coloridas com açucar e depilação genital e terminares com um prémio e um anúncio...

vamos então por partes. Quanto aos insectos, nunca me penso muito neles, nem na vida sexual dos mesmos. Não gosto lá muito de insectos, ponto.

Vibradores, tintas coloridas com açucar e depilação genital, que seja ao gosto de cada um... ou melhor dos dois!

Prémio bem merecidíssimo. Dia 13 lá estaremos... ;)

ipsis verbis disse...

Quando isso de ir "assim a guiar numa auto-estrada, com excesso de velocidade, só uns 40 ou 50 acima do limite, atentos por causa da merda dos radares e de repente… pás um bicharoco estatela-se no vidro" me acontece, fico sempre uns segundos a imaginar o que os insectos estariam a pensar antes do "crash", (alguns vêm tão inchados dos shots que até fazem barulho). Para virem em contra mão, é claro que não estariam a pensar muito. E como normalmente isso acontece mais durante o dia, é fácil de perceber que, ou vinham do bar, ou estiveram a trabalhar até mais tarde, (daí o cansaço e falta de concentração) ou então, estiveram a copular feitos doidos pela noite fora.
Confesso que os considero promíscuos nas suas relações e não os imagino a manterem uma relação mais que uma noite. Ainda por cima com tantas espécies deles, procurarem um igual ou permanecerem com o mesmo tal e qual num casamento, seria um bocado estúpido,(é que eles ouvem histórias e lêem notícias de companheiros, amigos e familiares que morrem nas estradas, todos os dias). Por isso há que aproveitar, ou mais depressa levam com o pára-brisas nas ventas.


Quanto às cor dos vibradores é claro que tem influência na satisfação/prazer. (ver Psicologia das Cores, Cromoterapia e Preservativos Coloridos )

LBJ disse...

Pronúncia,

Ora tem tudo a ver, e sim preocupo-me bastante com a vida sexual da aranhas, vejo-as sempre tão sozinhas e diz-me lá o que é que os insectos te fizeram para não gostares deles, à pois tás a comparar alguns políticos que amas e estimas a aranhiços e melgóides, olha que os bichinhos não merecem a comparação:)

Pois fetiches de comum acordo, também estou de acordo:)

Lá te espero no dia das aparições:)

LBJ disse...

Ipsis,

Pois tens razão, temos muito que aprender com os insectos :D

Esta das cores, deixou-me interessado, eu gosto do verde e do amarelo, vou ver o que é que me calha ;)

ipsis verbis disse...

LJB,

Amarelo primeiro para estimulares, e verde no fim para tranquilizares.

Faz todo o sentido. :D

ipsis verbis disse...

LBJ LBJ LBJ! mil desculpas pelo engano :|

LBJ disse...

Ipsis,

Não percebi a tua aflição, qual engano? ;)

I.D.Pena disse...

Já me aconteceu No alentejo estar a 120 (sim no limite, porque eu conduzo de forma segura e legal)
e uma abelha entrou no interior do carro picou-me naquele sitio perto da unha que é super doloroso, e não emiti nem um ai . Mais tarde e de forma muito segura atropelei um coelho sem querer, achei importante dizer isto :|
Quanto às moscas a foder, devo dizer que existe programas de tv ainda menos interessantes.

" Não me apetece nada ter que rapar os pelinhos, faz-me impressão andar com os tomates desprotegidos e ao frio, sou sensível a estas coisas e serei menos homem por isso? "

Não és é homem para isso!

Quanto ao Prisão de Palavras és uma óptima aquisição, e mais só lendo .
Bjs

Treze disse...

De questões em questões (e já que me disseste para aparecer com o mata-moscas) porque é que as varejeiras são tão "eléctricas"? Nasceram nalguma sessão de choques?