sábado, 2 de maio de 2009

Um ano de Little Boy J

Faz hoje um ano que criei este blog.

Nasceu porque alguém me disse que devia tentar fazer um blog e um dia experimentei e achei fácil, escrevi o primeiro post em meia dúzia de minutos e esqueci-me do assunto e passaram meses e as passwords apagaram-se-me da memória.

Uma sexta-feira de tédio, trouxe-me de volta, tinha retornado de uma viagem e lembrei-me de escrever sobre o assunto e espantosamente quando entrei no blog, lá estava exactamente como o tinha deixado e interroguei-me se alguém o teria visto naqueles meses todos, provavelmente não.

A ideia de incluir vídeos nos textos, surgiu no terceiro post onde a visão de uns corvos na sombra da ponte sobre o Tejo, me fez lembrar Poe e Alan Parsons e os seus fantásticos “Raven”. Ao todo em 9 meses escrevi sete posts, uma assombrosa produção para um preguiçoso mórbido como eu.

Entretanto comecei a andar por ai, a espreitar outros blogs e arrisquei comentar e confesso que a coisa até correu mal, fui mal interpretado, por culpa própria, mas comecei a descobrir um admirável mundo, onde pessoas anónimas expressavam a sua criatividade, as suas ideias, ventilavam ou falavam da vida, de dias bons e menos bons, de alegrias, sofrimento, das relações e das ralações e o bichinho começou a morder. O Janeiro foi tímido mas depois sem dar por isso entrei no meu ritmo de postar, que terá sempre uma média menor que 15 posts por mês.

Eu sempre gostei de escrever, mas nunca o fiz por achar que guardar folhas de papel numa gaveta ou bytes em discos era uma actividade masturbatória sem as vantagens da ejaculação e por isso há anos, muitos anos que não alinhava duas palavras.

Uma revelação sobre mim, a minha formação não é semântica, tenho muitas lacunas gramaticais, escrevo por instinto, demoro normalmente poucos minutos a escrever um texto e sem erros ortográficos graças aos correctores automáticos e de acordo com aquilo que me agrada, que me satisfaz a estética, ao meu estilo.

Surpreendentemente um dia vi o meu endereço linkado num blogger popular, o do Bruno Fehr e pouco depois recebi o primeiro comentário e de alguém que descobri mais tarde ser uma pessoa extraordinária e que se veio a tornar uma grande amiga, a mf, a quem eu por não ter vergonha na cara trato por Hedgie e que me escreveu o seguinte:

“Tu usas a palavra com arte, ou ainda não te apercebeste? Com uma arte diferente do normal, não inteligível para muita gente, e por isso mesmo interessante. “

Aquilo deixou-me perplexo, não só havia alguém que me lia, como aparentemente gostava da forma como escrevia e isso incentivou-me a continuar porque afinal tinha desculpa, podia sempre dizer que a culpa era da Hedgie, acho que nunca te agradeci o comentário e se me estás a ler agora, Hedgie muito obrigado pela tua gigantesca generosidade e pelo favor de me honrares com a tua amizade.

Depois os amigos foram aparecendo, amigos que não conheço sem ser das suas pontas dos dedos, ainda poucos é certo porque embora este blog faça hoje um ano, têm apenas três meses de produção continuada, mas que vão aparecendo com uma qualidade humana enorme e revelando nos seus comentários inteligência, bom gosto e uma visão que às vezes me deixa envergonhado pelo meu atrevimento e atenção não pensem que sou tímido ou acanhado, na vida real posso vos dizer que sou considerado um bom cabrão e alguém a quem não convêm fazer saltar a tampa.

Mas nem tudo são flores, esta coisa das blogosfera abre-nos os horizontes, mas também nos faz pensar e a mim a fazer contas à vida e a achar que estava na altura de recomeçar, a fazer jus ao icon que tinha escolhido, Jesus escondido numa Fénix ambicionava renascer das cinzas.
Este está a ser um processo muito complicado e que me têm muitas vezes levado a situações extremas emocionais e tantas, tantas a querer desistir, este blog esteve várias vezes para fechar no ultimo mês, mas depois alguém ai desse lado faz um comentário que me sacode e eu respiro fundo e volto a botar as patas no teclado. O meu renascer se alguma vez se concretizar vai demorar muito tempo, fez-me passar da companhia da solidão para a solidão da solidão e por isso não se espantem com a alternância de humores, neste momento e sobretudo este blog é para mim uma válvula emocional, prometo no entanto que em dias melhores vos irei tentar passar um bocadinho do meu sentido de humor, que é retorcido, irónico, mordaz e estranho mas é o que se pode conseguir de alguém que cresceu a admirar o humor britânico, é parvo, bronco e têm a mania que é engraçado.

Há muitas pessoas que passam por aqui a quem sou indiferente, pensava que até teria muitas visitas de pedófilos e disso tive recentemente a confirmação, porque instalei ontem um sitemeter que me mostrou que recebi a visita de um Japonês que procurava no Google “Little Boy Bottom”, ora a esses posso garantir que tenho tratado bem do rabinho que é de pele branquinha e pouco borbulhenta mas a quem desejo que desenvolvam muito rapidamente atrofia nos colhões e paralisia cerebral associada a complicações graves em outros órgãos essenciais.

Aqueles a quem digo alguma coisa, peço que me continuem a comentar, os que nunca o fizeram, que o façam hoje, quero, necessito muito de saber que existem ai do outro lado e a todos o meu obrigado, o meu beijo, o meu abraço.

As musicas que escolhi hoje reflectem a bipolaridade dos meus sentimentos mas ambas valem a pena ouvir.

Altered Images-Happy Birthday

The Smiths-Unhappy Birthday

31 comentários:

Treze disse...

Cheguei há poucos dias aqui mas pelo pouco que pude ler, a continuar assim, por cá continuarei até para o ano (se os porcos entretanto não fizerem das suas).

Venha de lá (mais) esse humor britânico.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Hi there

Antes de mais, PARABÉNS! Mesmo que com escrita irregular no tempo.

Em segundo lugar, deixa-me reter isto:

"Eu sempre gostei de escrever, mas nunca o fiz por achar que guardar folhas de papel numa gaveta ou bytes em discos era uma actividade masturbatória sem as vantagens da ejaculação e por isso há anos, muitos anos que não alinhava duas palavras."

Hilariante e verdadeiro. Agora ja podes alinhar mais quem mil palavras :)

"Depois os amigos foram aparecendo, amigos que não conheço sem ser das suas pontas dos dedos"

Mas que nem por isso deixam de ser reais. Estou na blogosfera há 5 meses e nao sabes como foi tãaaaaaaaaaaao gratificante receber o meu primeiro premio quando era um perfeito desconhecido com meida duzia de pessoas que me liam. Por isso, passa la no estaminé e levanta o prémio sair das Palavras que está na barra lateral direita. You deserve it recebendo-o pessoalmente :)

"Este está a ser um processo muito complicado e que me têm muitas vezes levado a situações extremas emocionais e tantas, tantas a querer desistir, este blog esteve várias vezes para fechar no ultimo mês, mas depois alguém ai desse lado faz um comentário que me sacode e eu respiro fundo e volto a botar as patas no teclado. O meu renascer se alguma vez se concretizar vai demorar muito tempo, fez-me passar da companhia da solidão para a solidão da solidão e por isso não se espantem com a alternância de humores, neste momento e sobretudo este blog é para mim uma válvula emocional, prometo no entanto que em dias melhores vos irei tentar passar um bocadinho do meu sentido de humor, que é retorcido, irónico, mordaz e estranho mas é o que se pode conseguir de alguém que cresceu a admirar o humor britânico, é parvo, bronco e têm a mania que é engraçado."

Antes de mais a maior parte das pessoas faz dos blogues o seu diário pessoal, embora mais expostas outras menos expostas, com fotos, sem fotas, dizendo tudo de si, sentimentos, sensações, desastres emcoionais, conquistas e glorias de pequenos nadas do dia a dia etc. E também brincam, usam humor, ironizam... por isso nao penses que por faseres do teu blogue uma valvula emocional és menos do que alguém. Ou que desagradas aos leitotres. Nada disso. Estás apenas a ser tu. Conforme estarás a ser tu quando preferires usar o teu humor. devenos ser nos a cada momento.


aquele abraço

daniel Lobinho

Daniel Silva (Lobinho) disse...

fazeres e nao faseres. é que o Z está ao pé do S na diagonal e como nunca vejo a ortografia e tenho grande velicidade de escrita, vai tudo a eito... ao sabor do que sinto.

hugs

LBJ disse...

Treze,

Volta sempre e podes contar com humor, que o meu próximo privilégio já está escrito e vai para o ar dentro de um ou dois dias, não te esqueças de trazer o mata moscas:)

LBJ disse...

Daniel,

Obrigado e obrigado pelo prémio, será guardado como os outros nos meus posts de coração, os meus privilégios, podes vir admirá-lo dentro de alguns dias.

Esta válvula é uma terapia formidável e vou sim continuar a usá-la e esquece lá as correcções ortográficas que aqui estamos entre amigos.

mf disse...

Ó pá...
Eu não gosto muito de elogios porque fico desconfortável, embora tenha a percepção que algumas coisas serão verdade. :s

Tens razão e eu assumo que tenho culpa: procurei, sim, fazer com que continuasses a escrever. Mas se eu gosto, achas que te vou deixar parar??? :D

Outra coisa, eu não te honro com a minha amizade, LBJ, tu és bem melhor do que eu.

Por fim, muitos e longos anos de actividade masturbatória com as vantagens da ejaculação. Eh eh ;)

Hedgie

Princesa (des)encantada disse...

LBJ, eu cheguei há poucos meses à blogosfera, o meu blog público fez 1 mês no fim de semana passado. Foi também a mf das primeiras a descobri-lo, comentá-lo, publicar o link e premiar (bolas - que tenho que mandar um agradecimento daqueles à miúda!)
Nunca nada me fez tão bem e para isso muito, muito, têm contribuído os teus comentários. Fizeste-me olhar certas coisas de uma perspectiva nova para mim, e fizeste-me sentir... humana.
Aqui cheguei talvez há umas 2 ou 3 semanas e fiquei imediatamente agarrada. Adoro a tua escrita, a imaginação, o humor, e a profundidade com que sentes certas coisas que passas para as palavras. O dom de ligar as palavras à música, acrescenta ainda mais uma razão para aqui voltar todos os dias à espera de surpresas.
Recomeçar é sempre difícil, e eu que o diga, que já levo uma série de recomeços. Entendo muito bem essa "bipolaridade", que também tenho estampada no meu blog, vinda da minha alma.
Do que já vi vir da tua, posso-te dizer que és certamente um homem excepcional, tens qualidades raras, de que destaco a integridade e uma imensa generosidade. Eu cá, gosto de ser tua amiga e gosto que vás escrevendo, e gosto de te ir comentando (e contra-comentando!). E acredito que um dia encontrarás um destino feliz, sacudidas as cinzas que agora te obscuram. Tu não precisas de renascer, precisas só de acreditar e recomeçar.
Espero que isto faça algum sentido, se não... eh pá! Não se vê logo que é tudo uma metáfora?! :)
Olha... faz uma profissão de fé. ;)

Jane Doe disse...

Parabéns!

Gosto muito do teu humor, e vou continuar por aqui, mesmo que não comente muito, venho cá quase todos os dias e nem penses desistir!

Tu mereces!

Ah, e claro, fiquei super contente.

You know! Welcome!

Ana GG disse...

Vim cá parar de páraquedas já há algum tempo, comentei um post sobre o "lol" ao qual achei imensa piada. Fui ficando, ficando, ficando...cada vez a gostar mais de cá vir.
Que nem te passe pela cabeça fechar esta tasca! É que eu já não imagino a minha vida sem a vossa companhia ;)

Bruno Fehr disse...

Ora foi giro ver duas referencias ao meu blogue, primeiro por ter existido realmente uma picardia entre leitores onde interferi e depois pela tua atitude única de esclareceres. Sim, pois neste mundo virtual raramente as pessoas se esforçam por esclarecer o que quer que seja e quando o fazem, raramente as explicações são aceites.

Concordo a 100% com: "guardar folhas de papel numa gaveta ou bytes em discos era uma actividade masturbatória sem as vantagens da ejaculação", pois vejo a escrita muitas vezes como modo de exprimir uma ideia, outras como masturbação intelectual, no entanto ainda busco esse tal de orgasmo.

Parabéns pelo aniversário e bem vindo ao Prisão de Palavras.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Obrigado também. Gostei do "estamos entre amigos". É mesmo isso.

Como tu tens montes de musicas e já falámos sobre isso (as tais 13, lembras-te? ;) aqui neste blog de uma amiga que conheço tanto como tu, tentei ajuda-la a encontrar uma musica mas nao consegui. Se puderes ajudar aqui fica o post que ela deixou. Procuras duas versores dos Communards e eu disse-lhe que nao encontrava na no Youtube porque entertanto tinham mudado de nome para bronski beat, mas ela quer a original. Se encontrares podes dize-la? Aqui fica o link do post dela

http://omeucarroelindo.blogspot.com/2009/05/desisto.html

e quanto a ti... keep going. Fico feliz por seres daquelas PESSOAS e nao daqueles blogs. Ou seja,. és pessoa por inteiro, e nao um blo por blog. E sim, isto é terapeutico. Mas quando chegares ao humor britanico, nao fiques demasiado ácido ;)

hugs

Storyteller disse...

Olá!
Antes de mais, muitos Parabéns por este primeiro aniversário. Apesar da irregularidade apregoada por ti, conseguiste, de alguma forma, manter o «estabelecimento» aberto!
Em segundo lugar, estou a retrobuir-te a visita, os comentários que deixaste e a ajuda preciosa com os The Communards, que já estão no seu devido lugar! Obrigada!
Em terceiro lugar, efectivamente não conhecia o teu blog, o que está a revelar-se uma falha imensa. Mas, a partir de agora, vais passar a ter de aturar-me, pois quando descubro algo de que gosto... não largo!
E agora chegámos ao cerne (como gosto deste vocábulo; deve ser da minha formação como Bio/Geo) da questão: porque gostei muito do que li até agora? Pois bem, eu tenho a mania que escrevo (além de ter a mania que sei tudo) e quando me cruzo com alguém que sabe escrever, escrever a sério, fico completamente rendida!Embora eu não saiba escrever, tenho a capacidade (não há modéstia alguma) de reconhecer uma boa escrita (aqui é mesmo defeito profissional, pois apesar de ser Bio/Geo, o que faço apra ganhar a vida é uma actividade um tanto obscura, muito específica, chamada »jornalismo científico»). E aqui, no teu blog, encontrei uma escrita excelente.
Sendo assim, e porque este comentário já parece uma epístola de São Paulo aos Éfesos ou aos Coríntios, resta-me dizer duas coisas:
- vou voltar (estás feito!);
- continua a deitar cá para fora a tua vida!

;)

P.S. - Como os meus leitores de há algum tempo já sabem, eu nunca mando beijos nem abraços... afinal, eu tenho uma reputação de coração de pedra a manter!

Daniel Silva (Lobinho) disse...

LBJ

Venho so agradecer-te teres conseguido o que a Story teller pedia. Eu tentei, nao consegui, e como ela mantinha o querer a tal versao original, decido recorrer a ti :)

DE certeza que ela tb ficou agradecida.

Thks

LBJ disse...

Hedgie,

Relativamente aos elogios e daquilo que te conheço, vai-te habituando :)

Sim, sim da culpa não te livras e só espero que consiga continuar a escrever coisas que gostes, a responsabilidade começa a pesar…

Tu sabes que eu sei que tu sabes que não sou melhor que tu.

Quanto ao resto, um dia de cada vez…

LBJ disse...

Princesa,

1º A Hedgie têm um coração do tamanho do mundo e um sorriso a combinar, mas não lhe digas nada que ela é tímida.

2º Fazes sentido sim e deixas-me sem sentido com o teu comentário, também eu gosto muito do que e como escreves.

LBJ disse...

Jane,

Sabes que és sempre bem vinda e comentas quando te apetece ;)

Eu também fiquei super contente, sobretudo pela companhia ;)

You know! thanks!

LBJ disse...

Bruno Fehr,

Ambos fomos militares, embora eu apenas de quartel, sabemos que numa guerra só temos a certeza da vitória se a conseguirmos evitar e naquele caso intervieste de uma forma inteligente e clara que eu soube reconhecer e olha aqui estamos sem mazelas :)

Obrigado pelas boas vindas e no dia certo lá farei a minha aparição ;D

LBJ disse...

Ana,

Antes de mais eu vi o teu comentário no post sobre o LOL, aliás acho que só duas pessoas viram o post sobre o LOL e é pena porque se seguissem a minha ideia a blogosfera ia ficar mais confusa, mas mais divertida;)

Enquanto andares por ai eu não fecho isto, se tiver mesmo mesmo convencido que tem que ser aviso-te primeiro, apanhamos uma bebedeira juntos e depois volto a repensar no assunto:)

LBJ disse...

Daniel,

A vida ensinou-me duas coisas:

1º A melhor resposta a uma pergunta é saber a quem perguntar.
2º Não há nada que não consigas encontrar na internet, se souberes fazer a pergunta certa.

Não te posso prometer que não serei demasiado ácido no meu humor, mas é sem malícia e não é para levar a mal:)

LBJ disse...

Storyteller,

Bem vinda, fiquei feliz por ter conseguido ajudar-te :)

Fiquei sem palavras com o teu comentário e eu sem palavras fico oco, tipo sempre em pé a oscilar feito tonto de sorriso nos lábios, muito obrigado :)

Volta, volta e como Geo só honras a classe com esse teu coração de pedra preciosa.

Ana GG disse...

Está combinado, avisas antes para me dares a hipótese de te convencer do contrário.

Quem sabe se um dia destes não apanhamos mesmo a tal bebedeira...

;)

Pronúncia disse...

LBJ:

Muitos parabéns pelo aninho de vida!...

Compreendo essas dúvidas relativas ao blogue. Também eu pensei seriamente, durante esta semana, se mantinha o meu tasco aberto ou não... coisas da vida de "blogueiro", de certeza!

Mas digo-te uma coisa, tu não te atrevas a fechar o teu. A tua escrita é diferente de tudo o que se lê neste mundo virtual. Já fazes parte das minhas leituras diárias, por isso... Faxavor de continuar, que mais não seja por quem te lê! Combinado?! ;)

I.D.Pena disse...

Fogo, eu n te conheço nada, mas só este texto fez-me quase chorar , chama-se a isso Talento. Beijos LBJ
;)

LBJ disse...

Ana,

Vou cobrar-te uma bebedeira e olha que eu bêbado sou ainda mais engraçado ;)

LBJ disse...

Pronúncia,

Que eu pense fechar isto ainda vá, mas tu? Uma grande Mulher do norte? Ná nem pensar, deixa-te lá dessas coisas e mais, enquanto eu vos sentir ai desse lado tentarei continuar e só por isso até vou antecipar o próximo post :)

LBJ disse...

I.D. Pena,

Obrigado e olha aproveitando a ocasião e admitindo que voltas para ler esta resposta, quis-te comentar no teu post sobre o Bilal, que eu sou louco por BD e o Bilal é um dos meus favoritos, queria dizer-te que só leste a segunda parte da história mas não consegui comentar-te, será problema do meu browser?

Jane Doe disse...

Só vim dizer obrigada.

E pronto, quando tiveres uma batalha...

Pah, depois desta eu já nem sei...

:(

See ya there!

LBJ disse...

Jane,

Agradecer porquê? Olha quem não se sente… Mas como diz o povo, vozes de burro…

You will, you will and did you saw the date?:D I’m Jesus… :D

Jane Doe disse...

... Não é filho de boa gente

... Não chegam ao céu.

Ok, ok, next chapter...

I.D.Pena disse...

LBJ, não sei o que aconteceu, as configurações apareceram-me mudadas , a Pronúncia já me tinha dito tb, fui ver e eram umas quantas incompatibilidades, mas acho que já resolvi o problema e penso que agora já funciona.
:)

"sou louco por BD e o Bilal é um dos meus favoritos, queria dizer-te que só leste a segunda parte da história "

BD Rocks ! Ya eu sei que ainda há mais :D mas ainda não vi hehe.

Beijos

Fada disse...

Olha, olha... A querer desistir!??!!??

Huuummm... Ok, foi um mau devaneio, esse... Deixa de ser "priguiçôso", "minino Jasus", senão... Levas nas orelhas!

Palavra de Fada! :D

Beijitos :)